West Shopping recebe posto de coleta de sangue do Hemorio

 

 O público de Campo Grande poderá contribuir com a sociedade e comparecer ao West Shopping na próxima quarta, dia 7, para doar sangue em posto de coleta móvel do Hemorio, organizado em parceria com a Estácio. O objetivo da ação é aumentar o estoque do órgão, que recebe uma média de 350 doadores voluntários de sangue por dia.

O posto estará localizado em uma sala no campus da Estácio, no 3º piso do shopping, e receberá os doadores das 10h às 16h. Os doadores precisam ter entre 16 e 68 anos, pesar no mínimo 50 quilos, não estar em jejum (evitar alimentos gordurosos até três horas antes da doação), não apresentar problemas de saúde e levar documento de identificação oficial com foto. Menores de 18 anos também podem doar sangue, mas é necessário apresentação de uma autorização assinada pelo responsável legal. O documento de autorização está disponível no site do Hemorio.

Além disso, pessoas com sintomas de febre, gripe ou resfriado não podem doar sangue. Mulheres grávidas ou que estejam amamentando também não podem doar. Todas as dúvidas poderão ser tiradas na hora com os profissionais do Hemorio, na entrevista clínica que antecede à doação.

O West Shopping está localizado na Estrada do Mendanha, 555 – Campo Grande. Outras informações pelo telefone (21) 3178-9501ou na página do shopping no Facebook: www.facebook.com/WestShoppingRio. No site do Hemorio, também é possível consultar todos os detalhes sobre pessoas aptas ou inaptas a participarem da ação no site www.hemorio.rj.gov.br.

Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude virão a Realengo.

reprodução da internet.

Com o coração repleto de alegria divulgamos esta maravilhosa notícia, pois estamos diante de um acontecimento que certamente tão cedo não se repetirá.

Dentro das diversas programações da Jornada Mundial da Juventude, Nós em Realengo teremos a visita dos “Símbolos da Jornada”, e que tiveram as bênçãos do Beato João Paulo II. (vejam suas palavras)

reprodução da internet.

“Meus queridos jovens, ao concluir este Ano Santo, confio-vos o símbolo deste Na Jubilar: a Cruz de Cristo! Levai-a pelo mundo a fora como um símbolo do Amor de Cristo pela humanidade, e anunciai a todos que só na morte e ressureição de Cristo é que poderemos encontrar salvação e redenção” (Roma, 22 de abril de 1984)

“Hoje eu confio a vocês… o ícone de Maria. De agora em diante, ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o apóstolo João, a acolhêla em suas vidas” (Roma, 18ª Jornada Mundial da Juventude, 2003).

João Paulo II.

Estes símbolos sempre visitam os países onde ocorre a JMJ em todos os continentes, e agora chegou à vez do Brasil, já tendo percorrido todos as regiões nos principais estados brasileiros e o Município do Rio de Janeiro vai receber estas preciosidades no dia 6 de Julho (sábado) as 7:00hs vindos da diocese de Itaguaí para a Igreja de São José no bairro de Santa Cruz e uma grande carreata está sendo convocada para as 15:30hs com destino a Arquidioceses do Rio de Janeiro. (estão todos convocados).

Um Grande presente para Realengo.

Escola Tasso da Silveira reformada - foto Luiz Fortes

No dia 09 de julho após a visita às 13:00hs aos presídios de Bangu, os moradores de Realengo terão o contato direto na Escola Tasso da Silveira que estará recebendo a Cruz e o Ícone de Nossa Senhora as 16:00hs, e a população se prepare pois depois as 19:00hs será a vez da praça do Canhão ter este prazer e finalmente as 20:00hs nossa paróquia foi a escolhida para recebermos em uma grande manifestação de fé estes símbolos sagrados.

Vista da paróquia Nossa Senhora da Conceição – foto Luiz Fortes

Missa campal na Praça do Canhão - foto Luiz Fortes

Fonte: http://paroquiansconceicao.org.br

Vacinação contra a Gripe: Aqui os postos mais próximos.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe, que começou no dia 15 de abril e vai até o dia 26 de abril, oferecerá imunização gratuita em 65 mil postos de saúde de todo o país, segundo o Ministério da Saúde.

Em sua 15ª edição, a campanha tem como público-alvo gestantes, indígenas, presidiários, profissionais de saúde, idosos com 60 anos ou mais e crianças de seis meses a dois anos. Doentes crônicos e mulheres no período de até 45 dias após o parto também devem receber  a vacina.

Vejam onde são os postos mais pertos em nossa região.

CMS Batan – Rua Belem nº 274 – Realengo

CMS Cohab – Rua Dona Olimpia, 12 – Realengo

CMS Cancela Preta – Estr. General Afonso de Carvalho, 85 – Padre Miguel

CMS Padre Miguel / Vila Vintém – Rua Santo Evaldo, s/nº – Padre Miguel

Clin da Família Olimpia Esteves – Rua Olimpia Esteves, s/nº – Padre Miguel

Clin da Família Fiorello Raimundo – Rua Açafrão, s/nº esq c/ Porto Nacional Padre Miguel

CMS Catiri – Rua Três Marias, s/nº – Bangu (Catiri)

CMS Moretti – Rua Esperança, 30 – Bangu

CMS Waldir Franco /CMS Minerios /CMS Minuano – Praça Cecília Pedro, 60 – Bangu

Pol.Manoel.G.Silveira – Avenida Ribeiro Dantas, 571 – Bangu

CMS Eithel /CMS Vila Aliança – Rua M c/ Rua C Conj. – Taquaral

CMS Athaide /CMS João Saldanha – Rua 19 de Abril s/nº – Jardim Bangu

CMS Henrique Monat / Vila Progresso – Estr do Quafá, Rua I – Vila Kenedy

CMS Jacaré/Cavalo de Aço – Rua Hilda Carla, 14 – Santissimo

CMS Silvio Barbosa – Rua Rodrigues de Freitas, s/nº – Senador Camará

CMS Fleming – Rua Marmiare, s/nº – Senador Camará

CMS Buá – Rua Laranjeiras do Sul, s/nº – Mag. Bastos

CMS Masao Goto – Avenida Carlos Pontes, s/nº – Sulacap

Hospital de Guarnição da Vila Militar – Avenida Duque de Caxias – Vila Militar

Hospital da Aeronautica dos Afonsos – Av Marechal Fontenelle 1628 – Campo dos Afonsos

(Atenção: Se tiverem informaçõs de outros nesta região, por favor nos enviem que acrescentaremos) realengoempauta@gmail.com

Charm em Realengo

Por Sidnei Oliva

Embaixo do novo Viaduto de Realengo acontece toda sexta feira, um Baile Charme.

baile charm no viaduto de realengo

Sexta-feira, e eu em casa às 22h lendo um bom livro quando me lembrei que uma faixa posta em frente ao novo viaduto de Realengo, me convidava a um baile charme.

Logo que foi inaugurado nosso viaduto, além da agilidade viária à Av. Brasil, o espaço ocioso que ficara me lembrou de Madureira e como um movimento popular sem recursos ou pompa, fincou a bandeira do charme na cidade e hoje é referencia nacional. Desci a Rua Piraquara e por trás do Extra alcancei a Bernardo de Vasconcelos. Chegando ao viaduto, podemos entrar por ambos os lados e ao chegar à pista principal, somos saudados por olhos curiosos transmitindo um singelo “bem-vindo” e logo ficamos à vontade. Em frente ao DJ e a sua pomposa nuvem de luzes, quatro filas de jovens dançarinos com idades variadas sincronizavam o bailar charmoso dos anos 70 e 80, um pouco atrás dessa linha um cercado protegia mesas e cadeira familiares, inclusive com crianças. A segurança é discreta e informal e percebi logo que cheguei que fui sondado. Há dois banheiros químicos dando credibilidade ao evento. As bebidas estavam geladas e a nota triste foi não ter o que comer, segundo o rapaz da bebida, o responsável pelo churrasco deu “bolo”. Uma pena, pois pensei em ficar mais um pouco e curtir o balanço despretensioso da rapaziada, mas meu estômago disse não e eu obedeci.

Divulgação do evento

 O angu da Cohab saciou minha fome, mas não a fome de tentar ao menos um passinho que aprendi à 20 anos atrás…vou voltar..

Sidnei Oliva Silva – Morador do Lado Sul – integrante do Grupo Sócio-Cultural Maria Realenga

Toda sexta-feira a partir das 22:00, tem Charme no viaduto de Realengo, com equipe Mistura Black e os Djs residentes: Vladimir, Guti, Vinícius, Pretinho, Kito e Gildo), realização (Ronaldo Pereira e Belo do karaokê), onde se pode curtir o melhor do charme, mid back e hip hop.

Fotos de Luiz Fortes e divulgação.

Realengo 197 anos

Diversos eventos marcaram as comemorações dos 197 anos de Realengo que ocorreu no dia 20 de novembro e foi comemorado na Praça Padre Miguel nos dias 23,24 e 25 seguintes, em evento organizado pela CCRA (Câmara Comunitária de Realengo e Adjacências).

A presença das Instituições educacionais como CAP UCB / Castelo Branco, Conselho Municipal de Saúde, Faculdade São José e dos Anjos da Vida coordenados pelo Sr. Paulo Nascimento, que fizeram com as crianças demonstrações de resgate e orientação de prevenção contra acidentes. A Feirinha de Artesanato se fez presente em todos os dias dos eventos, onde diversos moradores puderam comprar antecipadamente alguns presentes para o natal a preços bem interessantes.

Na sexta feira a parte cultural teve variadas atrações que dividiram o palco cedido pela Clécio Régis Cenografia, em que se apresentaram o cantor Samuel (Samuk)  que deu um show ao violão, com repertório variado da nossa MPB e também a Orquestra de Violinos Som da Paz que tem entre seus integrantes crianças de 5 (cinco) à 18 (dezoito) anos que apresentaram um repertório com belíssimas musicas muito bem ensaiadas, a Banda Marcial do Colégio Realengo sob a regência de Luiz E. Paulo também deu um show de musicalidade e coreografia. 

Mas uma apresentação em especial que deixou os presentes emocionados foi a do Grupo Acreditar, que é formado com integrantes da instituição  Ação Cristã Vicenti Moreti, de jovens especiais.

A Escola de dança de Vânia Reis apresentou algumas coreografias, a seguir subiram ao palco a Banda Saga e o Grupo de Louvor da Igreja da Colheita e antes o Coral da Igreja São Judas Tadeu mostrou seu belo trabalho de afinação e harmonia entre as vozes. 

Também contamos com a participação de Max das Pipas que tem o titulo de campeão mundial e promove oficinas e participa de festivais no mundo todo. Promoveu uma oficina de pipas, ensinando a criançada e de alguns adultos também que aproveitaram para aprender a confeccionar esta brincadeira barata para seus pimpolhos.

E no final da tarde a Escola de Dança Daniela Marcondes apresentou alguns números muito bem coreografados. Com suas alunas muito bem paramentadas, também teve tempo de uma apresentação de capoeira.

No domingo apesar da chuva aconteceu uma exposição de carros antigos com o Grupo Z.O.C.A (Zona Oeste Carros Antigos).   Todos os participantes quanto os organizadores estão de parabéns como Realengo!

Conselho Comunitário de Segurança da 14ºAISP

 

A mesa do Conselho Comunitário de Segurança

Aconteceu na última quinta-feira do mês de novembro no Centro Cidadania Atividades Sociais, na est. Manoel Nogueira de Sá 320 – Mallet.

Na reunião com a presença dos membros natos os delegados da 33ª DP Dr. Carlos Augusto Pinto e o delegado da 34ª Dr Jader Amaral e Major Neto, representando o comandante do 14ºBPM. O presidente do conselho abriu a reunião e passou a palavra para a anfitriã Davina Castro, que solicitou iniciar com uma oração, pois o Centro faz parte da Igreja Batista Betânia. Fez uma explanação sobre as atividades do CCAS.

Mesa do Conselho Comunitário de Segurança

Os demais integrantes da mesa fizeram seus pronunciamentos, e o Dr. Carlos Augusto teceu comentários sobre a prisão de um estuprador que passou a ser conhecido como “o tarado da escola”, pois suas atividades se davam na Escola Municipal Gabriel Soares 9rua Adolfo Konder s/n Realengo. De volta fazendo o uso da palavra o presidente Cândido fez uma explanação sobre o funcionamento do conselho e a participação voluntária de todos os membros.

Carlota no click do Realengo em pauta

Foram apresentadas as seguintes demandas:

1)    Pedidos para que os vereadores fossem convidados para estarem presentes na reunião do conselho.

2)    Solicitação de segurança para o comercio da est. Manoel Nogueira de Sá. Foram relatados 3 casos de assaltos. O Dr. Carlos Augusto ressaltou a importância de fazer registro de ocorrência, pois através do qual se montar a mancha criminal, que é fonte de dados para o policiamento.

3)    Solicitação de um projeto promovido pela secretaria de educação para uma quadra poliesportiva do CCAS.

4)    Solicitação de instalação de redutores de velocidade na rua Almeida e Souza, onde já ocorreram 2 atropelamentos.

5)    Pintura de faixas de trânsito nas ruas Limites e Olímpio Esteves

6)    Agradecimento pelo o policiamento no bairro Sulacap, além de denúncias de som alto.

7)    Solicitação de agilização do “nada a opor” para a feira de artesanato que ocorre todas as quartas-feiras na Praça Padre Miguel.

8)    Modificação do sinal de transito na Rua Bernardo Vasconcellos após a Rua Mal. Soares Andreia avançando cerca de 25 metros pois o mesmo fica muito junto à curva.

9)    Colocação de placa de Parada de Ônibus na Rua dos Limites, altura do número 900.

10)  Solicitação de policiamento na Praça de Realengo, onde existe uma grande concentração de bancos, principalmente nessa época de pagamento do 13º salario.

11) Solicitação de policiamento na saída do culto da Igreja Batista Betânia, onde existe uma grande concentração de pessoas.

12) Solicitação de conserto de um buraco que a Cedae abriu na Rua Jaques Oriques, em Pe. Miguel

13) Agradecimento á Comlurb pela limpeza feita na Rua Mal Marciano.

14) Solicitação que a Guarda Municipal no cruzamento da Rua Clemente Ferreira com Silva Cardoso onde aos Domingos existe a feira.

15) Estacionamento de carros nas ciclovias de Bangu.

16) Cano furado vazando Agua Potável na Rua Jaques Oriques em frente ao supermercado Prezunic.

17)  Retirada de mendigos no calçadão em Bangu.

18)  Agradecimento sobre a operação de apreensão de motos na região do Rio da Prata. Solicitação de continuação desta operação.

Plenário do Conselho Comunitário de Segurança

O secretário Sales fez a leitura do edital de convocação da eleição do Conselho. Apresentou os membros da chapa da situação composta por: Sales (presidente), Fábio (v.presidente), Alberto Carlos (1º secretário), Holyfield (2º secretário) e Doda (Diretor social), Cândido Rodrigues (Conselho de Ética), Helena Piragibe (Conselho de Ética )e Francisco Portugal (Conselho de Ética) . O presidente fez questão de apresentar todos os membros da atual diretoria e fez os devidos agradecimentos para os que colaboraram na sua gestão. Ao final foi realizado o já famoso sorteio de brindes.

Premiada no sorteio ganha uma camisa

Dr Jader contemplado no sorteio

O Amor- Coluna Pensando em Deus

Blibia

O Amor é lindo, é paciente. O Amor é doce, é alegre.  O AMOR FAZ NASCER O AMOR. Ele é o resultado de um envolvimento muito intenso com DEUS. Quem não tem a DEUS, não pode Amar.  PORQUE?  Porque a maior definição do amor é:  DEUS é AMOR. (João 3.16)   Nós devemos amar, assim como Jesus nos amou. Com erudição, com retidão, com conhecimento inspirado em coisas divinas. No livro SAGRADO está escrito:”A ninguém devais coisa  alguma. A não ser o AMOR com que vos ameis, uns  aos outros.” (Rom 13.8)  O AMOR pedido por nosso Senhor Jesus Cristo, é uma  AFEIÇÃO-AÇÃO.  É um AMOR que dá preferência ao outro, que não está atrás de proveitos ou lucros. Esse AMOR :  Pode e deve ser estendido,  no  seio da Igreja do senhor JESUS CRISTO.  Está escrito no Livro Sagrado:  “Para que não haja  divisão no corpo, mas que os membros tenham igual cuidado uns dos outros. De maneira  que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele: E, se um membro é  honrado, todos os membros se regozijam com ele.”(1ºCo 12:25.26)  Figuri um culto administrativo, (sessão Magna) na Igreja. Uma discussão  acalorada, com palavras meio desagradáveis ao ouvido, começam a ser trocadas entre os irmãos. DE REPENTE alguém fala: “Devemos amar uns aos outros.” Isso exige uma atitude mais carinhosa, com palavras mais suáveis. Então os irmãos  harmonizam-se no AMOR. Resultado;  A sessão de negócios termina bem.  A prática do AMOR no seio da igreja, evita o acontecimento de atos pecaminosos; Como discriminação, preconceito e narração de pecados alheios.  O cristão veio à luz por DEUS. E isso torna possível, AMAR O PRÓXIMO, e diligentemente o irmão em CRISTO.  Em mais uma citação do livro SAGRADO, encontramos: “E rogo não somente por estes, mais também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim: para que todos sejam um: Assim como tu, o PAI, és em mim, e eu em ti,que também eles sejam um em nós: para que o mundo creia que tu me enviaste.” (Jo 17:20.21)  Que o bater dos nossos CORAÇÕES AMOROSOS, nos dê uma vida saudável e próspera, em nosso Senhor JESUS CRISTO.   Amém                                                                                                                                               

Sigaabiblia@hotmail.com                          Orlandino L Cardoso        

                              Primeira Igreja Batista em Parque Real

Supervia inaugura Bicicletário

Obra de um tecnico da supervia para a inauguração

 

Bicicletário com 400 vagas, é inaugurado pela Supervia na Estação de Realengo.

Os usuários de trens agora podem contar com este serviço gratuito localizado no lado Norte da linha do trem embaixo do viaduto antigo. Será necessário um pré-cadastramento do usuário e da bicicleta para tanto é só levar comprovante de residência, Carteira de Identidade e CPF. A foto será tirada na hora do cadastramento e ao colocar sua bicicleta já paga a passagem do trem, ou seja, é somente para os passageiros, pois já sai dali com sua passagem paga.

Logo na frente uma escultura de bicicleta confeccionada com material reutilizado das oficinas, criado pelo artista e funcionário da Supervia Claudio Souza Conceição, que é oficial de Manutenção e morador do Lote 15 de Belford Roxo, que sente muito orgulho e ver suas obras serem utilizadas pela Supervia.

usuario guarda sua bicicleta com auxilio de funcionaria da supervia

Um pouco antes da inauguração presenciamos o Sr, Marcos Medeiros de Souza morador do lado Sul na Rua da Gazela, na COHAB, que disse estar satisfeito com esta opção, pois a condução demora muito e com a bicicleta é um exercício e ainda economiza.

O cadastramento era feito pelas atendentes Célia, Duanny e Jamilly que estão a sua espera. Este bicicletário o primeiro de seis a serem oferecidos pela empresa, estará aberto uma hora e meia antes do inicio da circulação dos trens e uma hora e meia depois do termino da mesma.

primeiras bicicletas guardadas no novo bicicletário

Outro que pudemos presenciar fazendo seu cadastro foi o Sr. Marcelo Lima morador do lado
Sul na Rua Falena no 77, que trabalha no Ministério da Cultura e gostou muito de poder trazer sua bicicleta com segurança e saber que ao voltar ela estará intacta.

O publico na inauguração

Contou com a presença de diversas autoridades entre elas o presidente da Supervia Sr. Carlos José Cunha e o Secretário Estadual de Transportes, Júlio Lopes. Sr. Carlos falou que a inauguração deste projeto vem consolidar o relacionamento com as pessoas facilitando o uso do trem, ressaltou que o embrião desta ideia foi do secretário de transportes Júlio Lopes aqui presente e como são energias limpas somente vem somar a contribuição com a sustentabilidade.

ESTA POSTAGEM FOI UM OFERECIMENTO DE:

CONVOCAÇÃO SOBRE RIO CATARINO

Gostaria de convocar a população de Realengo a dar sugestões e cobrar da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, de como minimizar o problema que a Prefeitura deixou como herança para o bairro, depois das obras do Rio Cidade em 2001, na gestão do Prefeito César Maia. Nesta gestão, do então secretário de obras Eider Dantas, o volume total de dinheiro, para se completar as obras do Rio Cidade, em Realengo, foi insuficiente, e seriam necessários mais alguns milhões, para se levar a tubulação de águas pluviais até o Rio Piraquara, que era o mais indicado, devido a sua profundidade e largura. Como só foram liberados algo em torno de 4 milhões, desviaram a obra para o Rio Catarino, que era mais próximo, porém não era o ideal devido a ser um rio extreito, raso e já saturado.
Isso tem que ficar claro para os moradores desta área, devido a uma tragédia que está aunciada para acontecer. E só não aconteceu devido as chuvas que aconteceram neste último verão, ainda não foram de grande duração pluviométrica, mas mesmo assim fizeram um extrago em todo o curso do Rio Catarino, após Universidade Castelo Branco, onde ocorreu essa ligação das águas do Rio Cidade. Os mais de 20 mil moradores sofrem com a quantidade de lama que ficam em suas portas, e que depois fica um cheiro horrivel se não for lavado de imediato, e todo o tipo de sujeira que o rio trás, desde bichos mortos até pedaços de gente, como relatos dos moradores da Rua Petrópolis. Corre-se o risco da linha ferrea da Supervia, que liga a zona oeste ao centro, também sofrer uma interrupção, pois se o volume de águas que passa em baixo da linha ferrea for maior, pode causar danos a sua estrutura. Todas as vias próximas ficam inundadas, e o acesso no sentido de Padre Miguel fica interrompido, com perdas todos os moradores, para o comécio e para os donos de veículos que trafegam por essa área, que tem de esperar por longos períodos até o nível das águas baixar.
Se algo não for feito logo, que evite e o transbordamento do Rio Catarino em um volume de águas ainda maior, teremos uma catastrofe de grandes proporções, pois não serão somentes prejuizos materiais, mas de vidas, bastando para que isso aconteça, uma chuva com duração um pouco maior das que já acorreram, para inundar toda uma área composta por uma população que já sofre, com o descaso de como é tradado esse problema.
O Rio catarino, que já estava saturado, com um volume de águas muito acima de sua capacidade, teve o seu volume de águas aumentado com as obras do Rio Cidade da Prefeitura, que canalizou as águas pluviais, despejando as águas em frente a Universidade Castelo Branco, quando o correto seria ter levado essa canalização para o Rio Piraquara, que é mais largo e mais profundo. Como não se fez um estudo de impacto deste adicinal de águas despejadas neste Rio Catarino, hoje a população próximo a Univesidade Castelo Branco, ápos a ligação feita neste local por falta de mais verbas, especificamente na Av Bernardo de Vasconcelos, onde se situa a Comlurb e a Trigéssima Terceira delegacia de policia, Colégio Gil Vicente, e tudo que está proximo a este endereço, e principalmente do outro lado da linha do trem, na Favela do Vintém que começa em Realengo e termina em Padre Miguel, e toda a comunidade circunvizinha, como a rua Belizário de Souza, Rua Lomas Valentinas, Rua Barão do Triunfo, Rua Mesquita, Rua Marechal Falcão da Frota, Rua Marechal Marciano, Rua Marechal Agricola, Rua Marechal Antonio Faustino, Rua Marechal Joaquim Inácio, Rua Anacá, Rua Marechal Bibiano Costalat, Estrada da Água Branca, Rua Petrópolis, Rua Curitiba, Rua Recife Rua Belém e Rua Manaus, que sofrem com os constantes alagamentos devido a não possuirem escoamento de águas pluviais. É um problema de cidadania, de saúde pública e de respeito com os moradores. Esse transtorno já afeta a ligação do Rio Catarino como Rio Marinho, que vem no sentido de Bangú para Deodoro, que também não suporta mais esse adicional de águas pluviais.
Essa é a área afetada pelo transbordamento do Rio Catarino.
O que se pede:
1 ) Correção para o desvio das águas pluvias, que foram feitas para serem despejados no Rio Catarino e deveriam ter sido desviadas para o Rio Piraquara; ou….
2) Implementação de águas pluviais para toda a vizinhança do entorno da Favela do Vintém, que sofre com os alagamentos; ou……
3) Desvio de uma parte do Rio Catarino para o Rio Piraquara, em linha reta, pela rua Prof Carlos Venceslau (antiga rua Oliveira Braga), que fica atrás da Universidade Castelo Branco. Isso acabaria com as constantes inundações que afligem toda uma imensa população que sofre com os alagamentos.
Local feito pela prefeitura no Rio cidade, para escoamento de águas pluviais, que afeta toda uma área de inundações, pela falta de um estudo de impacto que isso causaria.
Desvio parcial sugerido em linha reta, pela Rua Oliveira Braga direto até o Rio Piraquara, que é mais largo e mais profundo, podendo receber parte desta água.
Associação dos Moradores do Antigo IAPI Realengo – AMAI Realengo Que abrange 20 Ruas e 20 travessas, num total de 7 mil moradores
amairealengo@pop.com.br